Total de visualizações de página

quarta-feira, 2 de março de 2011

Escolhas

Escolhas
Caminhos que se abrem
E descortinam os momentos

Escolhas
Caminhos que assumimos
E determinam nossa vida

Escolhas
Mosaicos que compõem o piso
Dos caminhos que trilhamos

Escolhas
Que não isentam os indecisos
Que escolheram não escolher
Que sem abrirem as cortinas
Das possibilidades que lhes chegam
Ficam assombrados no presente
E levam fantasmas pra o futuro

Escolhas
São caminhos ou atalhos
São bifurcações ou encruzilhadas
São desertos ou oásis
São companheiras da estrada

Escolhas
São vibrações ou são lamentos
São sorrisos ou são gemidos
São asas ou são amarras
São condições do livre arbítrio

Nenhum comentário:

Postar um comentário